Arquivos da categoria: Eliana Printes

Vaidade


de “Pra Você Me Ouvir”, de Eliana Printes
2003_Eliana_Printes_Pra_voce_me_ouvir_1024

Se você não quer se dar pra mim,
Dar pra mim,
Por favor, amor, não faça assim…
Faça assim:

Não me procure, me esqueça,
Me cure, não me enlouqueça,
Não me faça mal.
Não me faça mal.
Não me faça mal.

De que lhe serve esse fruto,
Se você não serve e eu não desfruto,
Afinal?

Meu sofrimento não há-de
Servir de alimento pra sua vaidade
Sem igual.