Arquivos da categoria: Paula Toller

Quem tome conta de mim (Someone to watch over me)


de “Cole Porter & George Gershwin – Canções Versões”, de Carlos Rennó

2010_Carlos_Renno_Cole_Porter_George_Gerschwin_10242000_Carlos_Renno_Cole_Porter_George_Gerschwin_1024

Dizem que o amor
É cego, porém,
Seja onde for,
Quem procura, tem.
Eu procuro alguém que à minha mente sempre vem.

Não perdi a fé,
Mas ainda não vi
O meu grande affair
Que eu não esqueci –
Penso nele onde eu ande, aqui e ali.

Eu vou gostar de juntar seu sobrenome ao meu.
Quem vai cuidar dessa ovelha que se perdeu?

Tem um certo alguém de quem sou a fim;
Que seja sim-
-Plesmente enfim
Quem tome conta de mim.

Ovelhinha ao léu sem lar, sem ninguém,
Farei tão bem
A esse alguém
Que tome conta de mim.

Ainda que não muita gente
O ache atraente,
A ele darei o meu sim.

Eu só peço que se apresse o rapaz,
Que chegue mais,
Que falta faz
Quem tome conta de mim.

____________________________________________________

There´s a saying old
Says that love is blind.
Still, we´re often told
“Seek and ye shall find”.
So I´m going to seek a certain lad I´ve had in mind.

Looking ev´rywhere,
Haven´t found him yet;
He´s the big affair
I cannot forget –
Only man I ever think of with regret.

I´d like to add his initial to my monogram.
Tell me, where is the shepherd for this lost lamb?

There´s a somebody I´m longing to see;
I hope that he
Turns out to be
Someone who´ll watch over me.

I´m a little lamb who´s lost in the wood;
I know I could
Always be good
To one who´ll watch over me.

Although he may not be the man some
Girls think of as handsome,
To my heart he´ll carry the key.

Won´t you tell him, please, to put on some speed,
Follow my lead?
Oh, how I need
Someone to watch over me.

Música de George Gershwin e letra de Ira Gershwin, 1926