Solidão Cósmica

Mais de cem bilhões de estrelas
De planetas, um trilhão
(Na galáxia)
Viajando com o bando
De galáxias no além-céu

Numa profusão silvestre
De centenas de bilhões
(No universo)
Cada uma com um mundo
Sim, de mundos, um sem-fim

Amplidão
Cósmica
Solidão

E um frio
(Quase um pavor)
Um silêncio
Um império
(Que não têm igual)

Entrevendo entre elas
Uma nuvem de algodão
(Na galáxia)
Penso em outro ser pensando
Noutros seres como eu

Numa Terra extraterrestre
De longínquas regiões
(Do universo)
Cada vez mais longe e fundo
Estendendo seu confim:

Expansão
Cósmica
Solidão

Um vazio
(Cada vez maior)
Um silêncio
Um mistério
(Que não têm final…)